[Voltar]

Falta de Força de Vontade nos Trabalhos Psicológicos

Ocorreu, ocorre e vai ocorrer a muitos isto de não sentir a miníma vontade em realizar os exercícios espirituais.

O que não pode é de nos deixar levar pela força dominante.

Cada um deve pelo menos tentar perceber e identificar a causa desta falta de força, ânimo ou vontade para dar continuidade nos 3 fatores.

A uns podemos citar as provações, a outros as dúvidas da Maestria do VMSamael ou ensinamento, a inconstância nos exercícios espirituais, se encher de muitas
atividades cotidianas, identificação com as ocorrências seja em casa ou no trabalho, achar que já sabe tudo...

Por trás veremos a atuação de nossa mente, onde os mais variados eus, dela a usam como recurso para conseguir se manifestar e ter seu alimento.

Pois vemos que o início é geralmente com um pequeno pensamento...

Temos também algo muito forte nos tempos atuais, que é o materialismo, cada vez mais imperando em todos os lados e cantos.

Quantas vezes deixamos de lado nossos exercícios espirituais por uma atividade totalmente material.

Há isso não importa o tempo (anos, meses ou dias) que a pessoa tenha nos estudos gnósticos.
Atinge a todos, se claro, deixar brechas para isto (falta de trabalho sobre a psicologia).

Revertemos essa estagnação com a mística, voltando os rogos e petições ao Ser.

Pedimos que este nos de força para trilhar e vencer os percalços do caminho.

Com uma petição da boca para fora, concretamente este estudante, com o tempo vai se tornar mais um destes incautos difamadores da divindade.

Com a petição voltada com as vibrações do coração, concretamente, não se faz esperar as respostas do ser.

E isso, de cada um para cada um, geralmente é um arrependimento que é necessário...

08/set/2014

[Voltar]