[Voltar]

A Autoridade para Ensinar

Não tratamos neste momento do Dom e sim da Autoridade de ensinar.

Sabemos que cada um repassa o que tem.
E que o ensinamento o repassamos de vários formas, seja escrito, falado, exemplificado, praticado...

Uns tem vasta erudição livresca, raciocínio rápido, bonitos exemplos ou causos, excelente didática no trato dos assuntos do ensinamento...
Outros, tem uma personalidade muito forte, e numas poucas palavras, coloca a muitos no hipnotismo...
Alguns, dizem ter recebido ordens dos VMs, para entregar formas instantâneas de comprovações...

Temos a dizer que poucos, realmente poucos, tem a autoridade para ensinar.

O estudante, pode não ter ainda o dom de ensinar, mas pode possuir a legitima ordem/autoridade para ensinar.

Uma coisa é a pessoa, passar aos demais as linhas e vírgulas dos livros dos VMs.
Distinto totalmente, daquele que viveu certas situações/provações e recebeu (nos mundos internos) a autoridade para ensinar.

Neste com autoridade, vê-se, nota-se, e nos chega a força e direção do Ser.
Com palavras exatas, atinge os níveis de consciência, de quem as escuta, lê, observa.

No decorador de linhas e vírgulas, nota-se claramente apenas a vibração dos eus ressonando pela personalidade.
Vemos, a incoerência dos pensamentos, as dissimulações, o forte e evidente clamor no robustecimento dos eus.
Se baseiam em quase todos os autores de livros do chamado mundo oculto, para sustentar as suas teses e achismos.
Citam frases, parágrafos da mais variadas obras de ocultismo.
No entanto vemos que o Verbo, ali não esta presente.

Erros todos cometemos.
Mas errar, pela pessoa humana ainda não ter os nivelamentos com o Ser.
Diferente de errar, sabendo que esta errando, teimando e insistindo numa posição totalmente egoica.

Dizemos que quem tem a autoridade para ensinar, sabe de tal ordenamento.
Suposição, desconfiar...nestes assuntos do ensinamento, não deve pautar o estudante.

Quem se desdobra no mundo astral, é sabedor, e tem êxito em qualquer posição que o corpo físico esteja.
Quem é teórico, insiste que somente em certas posições que esteja o corpo físico, pode alcançar um desdobramento astral.

Quem se desdobra no mundo mental, é sabedor, da velocidade e limpidez que ali processa os acontecimentos.
Quem é teórico, insiste que é impossível para nós e não sei mais o que...

Agora, a muitos esperam quando receber um ensinamento, que este virá de algum VMestre, fisicamente ou internamente.
Há orgulho, que não deixa num canto de pássaro, dali sacar o ensinamento (intuição)
Há superioridade, que não deixa que um leigo nestes assuntos, possa ter mais compreensão que meus tantos anos que estou na instituição.
Há mente venenosa, que não deixa ler nas entrelinhas dos acontecimentos da vida, e não ver ali o Ser nos mostrando as nossas falhas.

Seduzidos, a grande maioria se vai.
Com o portentoso hipnotismo daqueles manejados pelas forças contrárias.

Muitos destes veteranos do ensinamento, certamente detêm essas forças hipnóticas, seduz e leva consigo as massas.

Somente o sério trabalho sobre si, que podemos perceber essas forças atuando, nos submetendo.
Sem os 3fatores é impossível romper com esses elos.

Com os 3fatores, podemos perceber claramente, quem tem a autoridade para ensinar.

30/mar/2015

[Voltar]